Tem que ir para Belém - Blog 123Milhas
Tem que ir para Belém

Tem que ir para Belém

26 de outubro de 2021

Ir para Belém significa se conectar com o meio ambiente, a modernidade, a tecnologia e a tradição do mais importante centro econômico da região norte do Brasil. A capital do estado do Pará é a porta de entrada para a Amazônia brasileira e guarda encantos e místicas fascinantes. Também, é o seio dos mais belos rios do país, com ilhas, portos, fauna e flora típicos da floresta pulmão do mundo. Em Belém, encontramos uma impressionante variedade cultural e comercial. Desde as manifestações religiosas, como a celebração do Círio de Nazaré, até as incríveis apresentações folclóricas, musicais e esportivas, essa é uma cidade inteiramente viva. Então, se você quer experimentar as melhores comidas, conhecer uma excentricidade artística e visitar pontos históricos de preservação impecáveis, tem que ir para Belém! Bora nessa!?

 

Meio ambiente

Um ótimo motivo para ir para Belém é poder apreciar e compartilhar de um intenso contato com a natureza. A cidade está cercada por cursos d’água e a relação com os animais e a vegetação são uma característica do modo de vida local. As mangueiras centenárias, que recobrem todo o centro e aliviam o clima quente, por exemplo, dizem muito sobre como os belenenses exercem um convívio sustentável com a biodiversidade no território.

Vista aérea do Rio Amazonas em Belém, no Pará.

Amazônia

Além de Manaus, Belém é outra conhecida localidade em que se pode iniciar uma visita à Amazônia no Brasil. Nesse ponto, inclusive, a cidade oferece uma organização de passeios mais estruturada, particular do turismo em grandes centros urbanos. O Bioparque Amazônia (Crocodilo Safári Zoo), a 15 km do centro, é uma dica de atração com safári ecológico, ideal para quem deseja viajar para a selva amazônica sem necessariamente adentrar na floresta. A riqueza e a beleza de um dos endereços mais espetaculares do mundo com um toque do magnetismo belenense!

Floresta Amazônica no estado do Pará, Brasil.

Rios

Um espetáculo à parte em Belém são os rios e o quanto eles fazem parte da vida da população. O principal deles é o Rio Guamá, que corta a cidade e é um recurso hídrico importante para o abastecimento de aproximadamente 75% da água consumida. Para contemplar toda essa beleza e importância, o complexo Ver-o-rio, situado às margens da Baía do Guajará, é um dos pontos que você tem que ir para aproveitar comidas típicas, bares e uma vista incrível do pôr do sol em Belém. É também na beleza do Guajará, que recebe as águas dos rios Guamá, Acará e Moju, que você verá a coloração barrenta inconfundível desses afluentes nortenses brasileiros.

Complexo Ver-o-rio em Belém, Pará – Brasil.

Ilhas

O conjunto de ilhas presente em Belém e região formam um importante patrimônio ambiental para o Brasil. Seja na ilha Mosqueiro, Cotijuba, das Onças ou Combu, as mais próximas do centro de Belém, um universo de riquezas naturais pode ser apreciado, principalmente, com a transição entre as águas doces e salgadas. O trajeto para chegar até as ilhas é feito em barcos e o passeio costuma ser realizado por barqueiros nativos. Essa é uma grande oportunidade de vislumbrar a grandiosidade continental de Belém a partir de seu arquipélago, e também de curtir um pouco das praias que envolvem a capital do Pará.

Ilha do Algodoal, Pará – Brasil.

Economia e Comércios

O desenvolvimento econômico da cidade de Belém se destaca pela diversidade e tecnologia. O comércio e os serviços são multissetoriais e abrangem desde as grandes feiras e produtos de exportação até as celebrações culturais e religiosas que atraem grande público e movimentam o mercado interno da cidade.

Círio de Nazaré

A maior manifestação religiosa católica do Brasil acontece em Belém! A celebração é realizada por meio de cultos e procissões que enaltecem a fé e a adoração por Nossa Senhora de Nazaré. O evento marca um momento único da sociedade brasileira, reunindo cerca de 2 milhões de pessoas por ano, em torno de uma devoção e expressão cultural emocionantes! Ainda, durante o Círio de Nazaré é o momento perfeito para visitar as principais igrejas da capital, como a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré e a Catedral Metropolitana de Belém. O Museu do Círio também é uma opção interessante para quem gostaria de descobrir mais sobre a importância desse acontecimento histórico. Simplesmente imperdível, né?

A Celebração do Círio de Nazaré acontece desde 1973, em Belém, Pará – Brasil.
Créditos: Reprodução / Iphan

Mercado Ver-o-peso

Um dos pontos mais conhecidos e comentados sobre Belém é o Mercado Ver-o-peso. A feira pública é uma das maiores da América Latina, abrigando um grande complexo de prédios tombados e comercializando produtos típicos da região. Lá é onde se encontra a intensidade do povo e da gastronomia paraense: açaí, farinhas, peixes de rio, cachaça de jambu, tucupi, artesanato, frutas e Castanha do Pará. Um tour completo pode ser agendado com guias turísticos e durar cerca de 4 horas. Vai perder?

As legítimas Castanhas do Pará no Mercado Ver-o-peso, em Belém.

Moda Paraense

Criatividade é uma marca registrada do povo belenense. Na moda a cidade também se destaca e promove os dois eventos fashionistas mais importantes da região norte do Brasil. “Belém Fashion Days” e “Amazônia Fashion Week” são duas atrações que ocorrem na capital e apresentam marcas de moda locais de uma maneira impressionante! Muitas pessoas são atraídas para acompanhar as principais tendências e informações sobre estilo. Sendo assim, esses shows de moda se tornaram importantes por movimentarem a economia e o comércio da cidade.

O Amazônia Fashion Week é realizado pela Associação de Costureiras e Artesãs da Amazônia.

Centro Histórico

Com mais de quatrocentos anos de desenvolvimento e preservação, o centro histórico de Belém é a alma do estado do Pará. Situados no bairro Cidade Velha, os casarões, praças e ruas estreitas enaltecem ainda mais a cultura e memória secular paraense.

Os principais pontos que você tem que ir em se tratando do centro histórico de Belém são ​o Forte do Presépio, a Catedral Metropolitana de Belém, a Praça Dom Frei Caetano Brandão e o Museu de Arte Sacra do Pará.

 

Vista da Catedral Nossa Senhora de Nazaré em Belém, Pará – Brasil.

Monumentos históricos

Outra particularidade que torna Belém ainda mais especial são os monumentos históricos espalhados pela cidade. Caixa D’água de São Brás, Prédio da ENASA, Coretos da Batista Campos, Monumento dos Intendentes, entre outros. Um verdadeiro passeio no tempo e na história de Belém!

Coretos da Batista Campos, Belém, Pará – Brasil

Símbolos do Brasil

Em muitos aspectos a história de Belém se confunde com a da fundação do Brasil. Por isso, encontrar alguns símbolos da cultura brasileira por lá não é tarefa muito difícil.

Boi Bumbá.

Folclore

A dança do Carimbó é uma das principais atrações de Belém e integra parte essencial da tradição folclórica do Brasil. Seja no estilo praieiro, pastoril ou rural, essa dança de roda trazida pelos escravos africanos e incorporada às culturas indígenas e europeia, se tornou um símbolo da cultura e costume popular nortense.

A expressão popular com os cortejos do “Bumba meu boi” também é outra atração que pode ser vista na cidade de Belém. Principalmente durante a “Semana do Folclore”, grupos tradicionais de toadas se apresentam e trazem uma alegria recheada de tradição que contagia moradores e visitantes.

Carimbó.
Alessandra Serrão – NID/Comus

Música

Os ritmos tradicionais do Pará se misturam com as sonoridades urbanas de Belém, tornando esse destino um dos mais ricos em termos de musicalidade no país. E nem só de Calypso vive a capital Belém, viu? Guitarrada, tecnobrega, brega pop, entre outros sons fazem da noite e da vida belenense algo muito interessante e bom de experimentar.

Um dos destaques atuais da música vinda da cidade é a cantora Gaby Amarantos. Ela, inclusive, está lançando tendências de novos ritmos no cenário musical brasileiro com as experimentações do “Purakê” amazônico e do “Treme”. A gente já começa a se mexer, só de falar!

Gaby Amarantos
Divulgação/Rodolfo Magalhães

Futebol

Para os amantes do maior entre os esportes brasileiros, o futebol, Belém dispõe do majestoso Estádio Olímpico Edgar Proença, também conhecido por “Mangueirão”. O espaço é uma ótima atividade para quem quer torcer por algum time belenense, como o Clube do Remo e o Paysandu FC, ou apenas desfrutar dos bares e restaurantes situados por lá.

O Estádio Mangueirão tem capacidade para até 45 mil pessoas.

E aí, ficou com vontade de arrumar as malas e pousar na capital do Pará? A 123Milhas leva você! Confira mais sobre os lugares que você tem que conhecer em Belém e não perca essa chance única.

Drones

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!