Tem que conhecer em Porto Alegre - Blog 123Milhas
Tem que conhecer em Porto Alegre

Tem que conhecer em Porto Alegre

29 de outubro de 2021

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, é um destino que agrada todos os tipos de turistas. Carinhosamente chamada de POA, a cidade abriga a Casa de Cultura Mário Quintana, a Rua Mais Bonita do Mundo, o Mercado Público, entre outras inúmeras atrações. Com atividades gratuitas e pagas, diurnas e noturnas, é um destino impressionante e que dá vontade de voltar várias vezes. Quer saber mais? Vem com a 123Milhas e descubra tudo o que você tem que conhecer em Porto Alegre!

 

Centro Histórico

 

Catedral Metropolitana de Porto Alegre

 

A Catedral Metropolitana de Porto Alegre, também conhecida como Igreja Matriz de Nossa Senhora Madre de Deus, fica no coração da cidade. Foi projetada por um arquiteto italiano, com estilo renascentista. 

 

Este templo, na realidade, é a segunda versão da igreja. A primeira foi construída logo na fundação da cidade, por volta de 1753. Ainda pequena e modesta, já era templo de culto de grande parte dos moradores. Mas com o crescimento do município não demorou muito para ampliarem a igreja. 

 

A construção da catedral começou em 1921, mas foi concluída somente em 1972. Atualmente, é um espaço muito visitado, tanto por fiéis quanto por turistas. Além dos traços arquitetônicos, a igreja também chama atenção pela cúpula. Com 75 metros de altura e 18 metros de diâmetro, é uma das mais altas do mundo. Sensacional! 

 

A igreja fica aberta para visitas de domingo a sexta-feira, das 8h às 18h. Aos sábados, das 9h às 18h.

 

A cúpula da Catedral Metropolitana é uma das mais altas do mundo.

Igreja Nossa Senhora das Dores

 

A igreja mais antiga da capital gaúcha é a de Nossa Senhora das Dores. A arquitetura exterior de estilo eclético convive com o interior barroco.  

 

As várias estátuas do templo são registros de rara beleza. Trazidas em 1871 de Portugal. sete delas representam os Passos da Paixão de Jesus. Um espetáculo!

 

Pela importância histórica e artística, o templo foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural (Iphan), em 1938. Bonita como ela é, merece ser parada até para quem não é católico. 

Tombada em 1938, a Igreja Nossa Senhora das Dores é um dos principais templos religiosos de Porto Alegre

 

Você pode visitar esta igreja de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 12h30 às 19h30. Aos sábados e domingos, das 8h às 12h e de 13h30 às 19h30. 

 

Casa de Cultura Mário Quintana

 

O antigo e luxuoso Hotel Majestic, que já hospedou figuras como Getúlio Vargas, João Goulart (Jango) e Chico Viola, hoje abriga um grande centro cultural. O nome é uma homenagem ao poeta Mário Quintana, que morou no hotel entre 1968 e 1980. 

 

O edifício conta com uma grande biblioteca, uma parte do acervo do Museu de Arte Contemporânea, galerias de arte, teatros, cafeterias, três salas de cinema, livraria, terraço com jardim e acervo de Mário Quintana e Elis Regina. 

 

Um dos pontos mais visitados é o Quarto do Poeta, uma reprodução com objetos originais do último aposento que Quintana morou no hotel. A exposição foi elaborada pela sua sobrinha, Elena Quintana. Tudo bem elaborado para criar a sensação que ele ainda mora lá. A cama bagunçada, papéis sobre a escrivaninha e garrafa de café tornam o ambiente muito realista. 

 

O acervo da cantora Elis Regina também é um atrativo de honra. Com a doação de documentos, materiais, discos, notícias e fotos, o espaço conta um pouco da trajetória dela. Pimentinha, como a artista era chamada, nasceu em POA, para orgulho dos porto-alegrenses. 

 

Vale a pena separar algumas horas do dia para visitar a Casa de Cultura Mário Quintana. Explore os espaços, vá em todos os andares e aprecie o que o espaço tem para oferecer. 

 

A casa funciona todos os dias, das 10h às 20h, com entrada gratuita. 

A Casa de Cultura Mário Quintana fica no antigo Museu Majestic .

 

Theatro São Pedro

 

Inaugurado em 1858, o Theatro São Pedro é o mais antigo de Porto Alegre. Com arquitetura neoclássica, a casa de espetáculos segue o modelo do teatro italiano. Plateia em ferradura, duas galerias com camarote, galeria superior com arquibancada, fosso de orquestra e palco compõem a estrutura principal do espaço. 

A construção do Theatro São Pedro foi suspensa no início da Revolução Farroupilha em 1825  e retomada anos depois // Créditos: Luciane Pires (Theatro São Pedro)

 

Além do teatro, o edifício também conta com a Sala Dinorá de Carvalho, onde acontecem pequenos recitais, e o Café São Pedro. 

 

O salão comporta 650 pessoas, e já recebeu célebres apresentações ao longo dos anos. Grandes pianistas, como Arthur Rubinstein e Magda Tagliaferro, e o maestro Heitor Villa-Lobos já subiram no palco do Theatro São Pedro. Fernanda Montenegro, Walmor Chagas, Paulo Gracindo e o grupo francês Les Comediens des Champs-Elysées também passaram pelas programações. 

 

Ainda acontecem apresentações de diversos tipos, como peças, fantasmagorias e projetos de debate. Você pode conferir a programação no site oficial do teatro. Mesmo que você não vá assistir nenhum espetáculo, vale a pena ir fazer uma visita! O espaço é muito bonito, com construção imponente e decoração de tirar o fôlego. 

O palco do Theatro São Pedro recebe grandes artistas e espetáculos na capital gaúcha // Créditos: Marcelo Nunes (Theatro São Pedro)

 

Usina do Gasômetro 

 

O Centro Cultural Usina do Gasômetro fica em uma antiga usina de geração de energia. Inaugurado em 1928, o espaço é um dos cartões-postais da capital gaúcha, com sua chaminé de 117 metros. Depois, acabou desativado em 1974. A crise do petróleo e a dificuldade para atender à demanda de energia tornaram inviável o seu funcionamento. 

A torre da Usina foi tombada como patrimônio municipal em 1982 .

Porém, após uma grande restauração, o complexo ganhou, em 1991, auditório, galerias de exposições, videoteca, laboratório fotográfico, biblioteca, cinema, teatro, estúdio de gravação e cafeterias. E o público adora! Além das atividades culturais, o centro recebe muitas pessoas que desejam ver o pôr do sol em um dos melhores pontos da cidade. Às margens do lago Guaíba, assistir ao sol se pondo é o melhor espetáculo natural de fim de tarde em Porto Alegre. 

 

Você pode visitar o centro de terça a sexta-feira, das 9h às 21h. E aos sábados e domingos, das 10h às 21h. 

O pôr do sol no Guaíba atrai muitos moradores e turistas nos fins de semana e feriados

 

Mercado Público

 

Outro lugar que você tem que conhecer em Porto Alegre é o Mercado Público. É uma ótima oportunidade para experimentar algumas iguarias porto-alegrenses e ter contato com a cultura local. 

 

São mais de cem boxes com produtos e serviços variados. Você encontra lojas de bebidas, de frutas, açougue, peixaria, padaria, confeitaria, cafeterias e restaurantes com opções variadas. Tem pastel, comida oriental, massas, lanches e comidas típicas. Também é um bom lugar para comprar produtos gaúchos, como chimarrão e acessórios. 

O Mercado Público é lugar certo para se fazer uma boa refeição.

Cinemateca Capitólio

 

Outro lugar bem legal para quem gosta de cinema é a Cinemateca Capitólio. A programação é diferente dos cinemas das grandes redes e, às vezes, os diretores de alguns filmes participam de debates após a sessão. Também há exposições sobre o mundo do audiovisual, palestras, workshops e oficinas. 

 

A cinemateca fica aberta ao público de terça a sexta-feira, das 9h às 21h. Aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h. 

 

Para conferir a programação e os filmes em cartaz, acesse o site

 

Ao ar livre:

 

Parque da Redenção 

 

O parque mais tradicional de POA é o Parque da Redenção. O local faz jus à popularidade! Com 37,5 hectares de extensão, mais de 10 mil árvores de várias espécies, orquidários e jardins temáticos, é um refúgio do meio da capital gaúcha! 

 

Os moradores aproveitam bem este paraíso. É muito comum ver pessoas descansando, tomando sol, praticando esportes ou batendo papo com família e amigos, sempre acompanhando de muito chimarrão! 

O Parque da Redenção é o mais tradicional de Porto Alegre

 

Para a criançada, a descontração está garantida com passeios de trenzinho, pedalinhos e parque de diversão. 

 

Aos sábados, o parque recebe uma feira com venda de artesanato e comida. Delícia! 

 

Além do lazer em meio à natureza, o Redenção recebe visitantes por causa da famosa Lancheria do Parque. O restaurante é conhecido pelos sucos servidos em jarra, deliciosos pastéis e porções generosas. É um dos espaços preferidos pelos moradores e para os turistas é parada obrigatória! 

 

Parque Urbano

 

A Orla da Guaíba é um dos mais preciosos patrimônios naturais de Porto Alegre. 

 

O Parque Urbano foi um projeto para revitalizá-la e hoje é um dos principais atrativos turísticos da capital gaúcha. O complexo ganhou muitos espaços para atividades diversas, e é muito usado pelos moradores. 

 

Para quem quer se exercitar pode escolher entre várias quadras esportivas, ciclovia e academia ao ar livre. Passarelas e decks de observação aproximam as pessoas do lago e garantem a vista imperdível  do pôr do sol. Que é sempre lindo! Pracinha infantil, passeio público, mirantes, bares e restaurantes completam a infraestrutura. 

Moradores e turistas contemplam o pôr do sol da passarela

 

Uma estátua da cantora Elis Regina decora o Parque Urbano. Muitos turistas aproveitam para tirar fotos com ela! Se você for fã da Pimentinha, pode acrescentar mais um ponto na sua lista! 

 

Parque Moinhos de Vento

 

Outra área verde maravilhosa é o Parque Moinhos de Vento, também conhecido como Parcão. 

 

Um dos destaques do parque é o lago com vasta fauna, composta por peixes, tartarugas, jabutis, gansos e até marrecos! 

 

A biblioteca infantil também ganha destaque. O acervo tem aproximadamente mil livros, e alguns são em braille. É um espaço muito bacana para o desenvolvimento cultural e social da criançada. O playground também é um ponto de encontro das crianças. 

 

Os 11,5 hectares de terra são muito arborizados e bem cuidados, proporcionando a prática de atividades físicas e bons descansos ao ar livre. Vá lá para curtir! 

Parque Moinhos de Vento tem réplica de um moinho açoriano.

 

Rua Mais Bonita do Mundo

 

A Rua Gonçalo de Carvalho virou um ponto turístico e ficou mundialmente conhecida como a Rua Mais Bonita do Mundo após uma grande campanha de preservação. Com mais de 100 árvores da espécie tipuana enfileiradas e formando uma espécie de túnel, é um local deslumbrante! Algumas árvores são tão altas que se aproximam de prédios de sete andares! 

 

As árvores foram plantadas na década de 1930 porém, até 2005, não eram conhecidas. Quando uma empresa decidiu fazer modificações na rua para construir um estacionamento, os moradores começaram a campanha para proteger este bosque urbano. A causa ganhou popularidade entre pessoas do mundo inteiro, que  se mobilizaram na internet. No final das contas, a empresa desistiu e a rua foi declarada como Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental de Porto Alegre em 2006. Ainda bem! 

A Rua Mais Bonita do Mundo é mundialmente conhecida. // Créditos: Adalberto Cavalcanti.

 

Praça dos Açorianos

 

A Praça ou Largo dos Açorianos é outro cartão postal de Porto Alegre. Nele fica o Monumento aos Açorianos, uma obra de 17 metros de altura e 24 metros de comprimento, feita em aço e com traços futuristas. É uma homenagem aos 60 casais de açorianos que chegaram à cidade em 1752, no período de colonização. 

A obra é uma homenagem aos açorianos // Créditos: Governo do Rio Grande do Sul

 

Além do monumento, a praça também é composta por um vasto gramado, espelho d’água e uma antiga ponte de pedra. 

 

Eventos

 

Semana da Farroupilha 

 

A Semana da Farroupilha é o evento mais tradicional entre os gaúchos. Acontece entre os dias 13 e 20 de setembro em comemoração a Revolução Farroupilha, que ocorreu entre 1835 e 1845. 

 

Durante este período, são realizados desfiles em homenagem aos líderes do movimento, shows, palestras, dentre outros eventos. Os moradores celebram as tradições gaúchas, com churrascos, chimarrão e seus trajes típicos. 

 

Esse calendário é de grande importância histórica, cultural e artística. Os gaúchos têm muito orgulho de suas tradições e fazem questão de celebrar sua história.  

Os gaúchos celebram suas tradições na semana da Farroupilha.

 

Nossa Senhora dos Navegantes

 

Outra celebração muito importante é a de Nossa Senhora dos Navegantes, realizada sempre no dia 2 de fevereiro. Você sabia que é a maior festa religiosa de Porto Alegre? A santa é a padroeira da cidade e, por isso, a data é feriado municipal. 

 

Originalmente, era feita a procissão fluvial, no Lago Guaíba, com o cortejo religioso realizado em embarcações até o cais do porto e seguindo para a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes. No entanto, atualmente a procissão é somente terrestre. Os fiéis levam a imagem da Igreja de Nossa Senhora do Rosário até o templo da padroeira. 

 

O que você achou da capital gaúcha? Deu vontade de conhecer? Aproveite para aprender sobre a culinária local e saiba tudo o que você tem que comer em Porto Alegre!

 

Drones

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!

inscreva-se para receber ofertas exclusivas!